Trabalhos Aprovados

Conheça todos os trabalhos aprovados

Artigos Científicos/ Scientific Paper

 

  Auditoria e Tributos (AT) / Auditing and Tax
ID Título
59 TAX AGGRESSIVENESS AS A DETERMINING FACTOR OF ACCOUNTING CONSERVATISM IN BRAZIL
72 QUANDO OS CONTROLES IMPORTAM: EVIDÊNCIAS DA ASSOCIAÇÃO ENTRE AS DEFICIÊNCIAS DE CONTROLES INTERNOS E A QUALIDADE DE AUDITORIA
83 O EFEITO DAS DOAÇÕES DE CAMPANHA NA AGRESSIVIDADE TRIBUTÁRIA DAS EMPRESAS DOADORAS
121 COBERTURA DE ANALISTAS E AGRESSIVIDADE FISCAL NO BRASIL
167 FATORES DETERMINANTES DOS HONORÁRIOS DE AUDITORIA: UMA ANÁLISE DAS EMPRESAS BRASILEIRAS LISTADAS NA B3
184 O PAPEL DAS BIGFOUR NO RESULTADO DAS EMPRESAS PRÉ-F&A
208 PRINCIPAIS ASSUNTOS DE AUDITORIA E O GERENCIAMENTO DE RESULTADOS POR ACCRUALS E OPERAÇÕES REAIS
230 CEO NARCISISTA E OS PRINCIPAIS ASSUNTOS DE AUDITORIA NAS EMPRESAS LISTADAS NA BOLSA BRASILEIRA
291 COMPORTAMENTO DISFUNCIONAL DO AUDITOR: INFLUÊNCIA DE FATORES PESSOAIS E DE SOCIALIZAÇÃO
338 INFLUÊNCIA DO FATOR PESSOAL CONFIANÇA NO JULGAMENTO E TOMADA DE DECISÃO EM AUDITORIA
376 ANÁLISE DA AGRESSIVIDADE TRIBUTÁRIA E RENTABILIDADE DAS EMPRESAS LISTADAS NA B3
382 EFEITO CONJUNTO DA GOVERNANÇA CORPORATIVA E DO COMPORTAMENTO RESPONSÁVEL NA AGRESSIVIDADE TRIBUTÁRIA
406 O PAPEL DA CONTABILIDADE NOS CRIMES DE LAVAGEM DE DINHEIRO: UMA ANÁLISE A PARTIR DAS AÇÕES PENAIS JULGADAS PELO STF
430 FATORES DETERMINANTES DA TAXA EFETIVA DE IMPOSTOS SOBRE O LUCRO DAS EMPRESAS LISTADAS NA B3- BRASIL, BOLSA E BALCÃO
   
  Contabilidade e Setor Público (CSP) / Accounting and Public Sector
ID Título
41 PERCEPÇÃO SOBRE CUSTOS OCULTOS COMPORTAMENTAIS NO SETOR PÚBLICO: UMA ABORDAGEM A PARTIR DO CAPITAL INTELECTUAL
63 CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO AOS PADRÕES INTERNACIONAIS: EVIDENCIAÇÃO DA DÍVIDA ATIVA EM MUNICÍPIOS DO PARANÁ
65 DETERMINANTES DO ÍNDICE DE EFETIVIDADE DA GESTÃO MUNICIPAL: ANÁLISE DA DIMENSÃO PLANEJAMENTO
79 TRANSPARÊNCIA ORÇAMENTÁRIA: UM REFINAMENTO METODOLÓGICO EM BUSCA DA ANÁLISE QUALITATIVA E QUANTITATIVA DOS DADOS
80 AUTONOMIA FISCAL COMO DETERMINANTE DA TRANSPARÊNCIA PÚBLICA NOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS
84 CRÉDITOS ADICIONAIS EM MUNICÍPIOS DO BRASIL: UMA ANÁLISE A PARTIR DE ATRIBUTOS DO PREFEITO E DE FATORES ORÇAMENTÁRIOS
85 GAP DO CONHECIMENTO: DIFERENÇA DA PERCEPÇÃO DOS CONTADORES E GESTORES PÚBLICOS
86 DESEMPENHO DAS INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO SUPERIOR (IFES): ANÁLISE A PARTIR DA CONFORMIDADE DE REGISTRO DE GESTÃO (CRG)
92 A IMPLEMENTAÇÃO DOS PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS PATRIMONIAIS E A TRANSPARÊNCIA FISCAL
113 RECONHECIMENTO, MENSURAÇÃO E EVIDENCIAÇÃO DO ATIVO IMOBILIZADO POR PARTE DOS GOVERNOS SUBNACIONAIS BRASILEIROS
116 OS EFEITOS DA ADOÇÃO DE PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS NOS INDICADORES DE CONSUMO NA GESTÃO PÚBLICA
122 DETERMINANTES DA EFICIÊNCIA RELATIVA DA GESTÃO PÚBLICA DA SAÚDE
130 EVIDENCIAÇÃO DAS PROVISÕES E DOS PASSIVOS CONTINGENTES NO SETOR PÚBLICO: UM ESTUDO NAS CAPITAIS BRASILEIRAS
136 DIFICULDADES NA PROFISSÃO DO CONTADOR PÚBLICO:UM MAPEAMENTO SISTEMÁTICO NO AMBIENTE BRASILEIRO
140 DETERMINANTES DA DIVULGAÇÃO DAS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS NO PODER JUDICIÁRIO BRASILEIRO
154 POLÍTICA PARTIDÁRIA E GESTÃO FISCAL NO BRASIL: AS IDEOLOGIAS IMPORTAM?
181 ACIDENTE DE TRABALHO E CUSTOS PREVIDENCIÁRIOS: ANÁLISE DOS BENEFÍCIOS CONCEDIDOS PELO INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL EM 2019 E 2020
201 DETERMINANTES DA PARTICIPAÇÃO PÚBLICA NO PROCESSO ORÇAMENTÁRIO DO GOVERNO NOS PAÍSES DA AMÉRICA LATINA
243 AS INFORMAÇÕES DE CUSTOS E A EFICIÊNCIA TÉCNICA DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS BRASILEIRAS
251 EFICIÊNCIA DE DESPESAS COM SEGURANÇA PÚBLICA: UMA ANÁLISE DOS ESTADOS BRASILEIROS POR MEIO DA ANÁLISE ENVOLTÓRIA DE DADOS
281 CONCEPÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE PRÁTICAS DE GESTÃO DE RISCOS: UM ESTUDO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
283 GASTO COM SISTEMA DE GESTÃO: DETERMINANTE PARA IMPLEMENTAÇÃO DAS IPSAS NOS MUNICÍPIOS CATARINENSES?
285 A INFLUÊNCIA DOS CICLOS POLÍTICO-ORÇAMENTÁRIOS E DAS IDEOLOGIAS PARTIDÁRIAS NA DESPESA COM PESSOAL DOS ESTADOS BRASILEIROS
295 REFLEXÕES SOBRE A CORRUPÇÃO: UM ENSAIO SOBRE AS EVIDÊNCIAS DAS RELAÇÕES PARADOXAIS ACERCA DO DEBATE ANTICORRUPÇÃO
321 FATORES EXPLICATIVOS DAS ASSIMETRIAS DO ÍNDICE DE TRANSPARÊNCIA MUNICIPAL DE PERNAMBUCO – PE
343 ÍNDICE DE MATURIDADE DA GOVERNANÇA PÚBLICA: UMA FERRAMENTA DE DIAGNÓSTICO
350 QUALIDADE DO RELATO FINANCEIRO DO SETOR PÚBLICO SOB A ÓTICA DAS CARACTERÍSTICAS QUALITATIVAS
357 OBSERVATÓRIO DE GASTOS PÚBLICOS PARAIBANOS: UM RAIO-X DAS EMENDAS PARLAMENTARES EM 2019 E 2020
370 INFORMAÇÕES GERADAS PELA CONTABILIDADE DE GESTÃO COMO MECANISMO DE MINIMIZAÇÃO DE CONFLITOS DE AGÊNCIA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
383 O DESEMPENHO CONTÁBIL INTERFERE NA IMPLEMENTAÇÃO DE PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS PATRIMONIAIS? UMA ANÁLISE A PARTIR DE MUNICÍPIOS BRASILEIROS
407 INFLUÊNCIA DOS CICLOS POLÍTICOS NOS GASTOS PÚBLICOS E SEU EFEITO SOBRE A DÍVIDA PÚBLICA: UMA ANÁLISE NOS MUNICÍPIOS GAÚCHOS
408 FATORES DETERMINANTES PARA A BUSCA DA ESTRATÉGIA DE ACREDITAÇÃO INTERNACIONAL: UM ESTUDO DE CASO EM UM HOSPITAL PÚBLICO NO BRASIL
409 POLÍTICAS ANTIFRAUDE NA GESTÃO DE PESSOAS: ANÁLISE DA PERCEPÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE AUDITORIA GOVERNAMENTAL
419 O PAPEL DO CONTROLE INTERNO E DA INTEGRIDADE NAS PRÁTICAS DE RESPONSABILIDADE NOS SETORES PÚBLICOS BRASILEIROS
425 AMAZÔNIA E AS COMPENSAÇÕES FINANCEIRAS POR EXPLORAÇÃO MINERAL: UM RECORTE DOS EFEITOS SOCIOAMBIENTAIS NOS MUNICÍPIOS PARAENSES..
436 CICLO POLÍTICO ORÇAMENTÁRIO NO ÍNDICE DE DESPESA COM PESSOAL: UM ESTUDO ESTADOS BRASILEIROS
   
  Contabilidade Financeira e Finanças (CFF) / Financial Accounting and Finance
ID Título
31 O IMPACTO DA LIQUIDEZ DAS AÇÕES NA QUALIDADE DAS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE CAPITAL ABERTO
35 USO CORPORATIVO DO TWITTER E A PREVISÃO DOS ANALISTAS
36 ACCOUNTING GOODWILL FROM THE PERSPECTIVE OF QUANTUM PHYSICS: WILL “ACCOUNTPHYSICS” ONE DAY EXIST?
40 RELAÇÃO ENTRE COMPARABILIDADE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS E CUSTO DO CAPITAL PRÓPRIO IMPLÍCITO DE COMPANHIAS BRASILEIRAS
52 ANÁLISE DO IMPACTO DO GOODWILL NA PREVISÃO DE LUCRO POR ANALISTAS FINANCEIROS: ESTUDO COMPARATIVO ENTRE BRASIL E EUA
53 FINANCIAL COOPERATIVES AND COMMERCIAL BANKS´ DIFFERENCES BEFORE AND AFTER THE 2014-2016 BRAZILIAN ECONOMIC CRISIS
56 DESEMPENHO ESG DOS BANCOS LISTADOS NA B3: AVALIAÇÃO DO EFEITO DA COMPOSIÇÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO E CARACTERÍSTICAS DAS COMPANHIAS
64 A RELAÇÃO DO PREÇO DAS AÇÕES E VOLATILIDADE COM A DIVULGAÇÃO DE PROVISÕES ANORMAIS DAS EMPRESAS LISTADAS NA B3
67 EVA®, EBITDA E SUA IMPORTÂNCIA COMO INFORMAÇÃO PARA TOMADA DE DECISÃO EM INVESTIMENTOS NO MERCADO BRASILEIRO
68 O IMPACTO DA REFORMA DA LEI 13.467/2017 SOBRE AS PROVISÕES E PASSIVOS CONTINGENTES DE NATUREZA TRABALHISTA
82 DISCLOSURE VOLUNTARY, ABNORMAL RETURN AND THE EFFECT OF LEVELS OF CORPORATE GOVERNANCE IN THE PUBLICLY HELD COMPANIES LISTED ON B3
90 PERFORMANCE DE ANALISTAS BUY-SIDE E SELL-SIDE NO ATINGIMENTO DE PREÇOS-ALVO NO BRASIL
93 O VALUE RELEVANCE DAS PROPRIEDADES PARA INVESTIMENTO E DO VALOR JUSTO EM FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIOS BRASILEIROS
95 O USO DOS ATIVOS FISCAIS DIFERIDOS COMO GERENCIAMENTO DE RESULTADOS NOS BANCOS LISTADOS NO BANCO CENTRAL DO BRASIL
117 THE HOUSING FINANCING SUBSIDY AND DEFAULT
118 FIRM LIFE CYCLE AND ACCRUAL QUALITY
123 ACCOUNTING AND FINANCIAL IRREGULARITIES IN COMPANIES WITH GOVERNMENT
124 DOES THE PRESS RELEASE DISCLOSURE REDUCE INFORMATIONAL ASYMMETRY IN THE PRESENCE OF INSIDER TRADING?
127 ESTRUTURA DE CAPITAL FAMILIAR, RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA E O VALOR DA FIRMA
128 IMPAIRMENT TEST: DIVULGAÇÃO REQUERIDA PELO PRONUNCIAMENTO CPC 01 NAS COMPANHIAS ABERTAS BRASILEIRAS
176 EMPRESAS ESG E PERFORMANCE EMPRESARIAL EM CENÁRIO DE CRISE: EVIDÊNCIAS DO MERCADO DE CAPITAIS DO BRASIL E A PANDEMIA
179 UMA ANÁLISE DA DIVULGAÇÃO DAS INCERTEZAS TRIBUTÁRIAS NAS EMPRESAS
188 IMPACTO DA PRODUTIVIDADE FUTURA NO VALOR JUSTO DA CANA EM DESENVOLVIMENTO
190 FINANÇAS COMPORTAMENTAIS ANOMALIAS DE MERCADO E BOLHAS ESPECULATIVAS: UMA ANÁLISE DAS NOTÍCIAS
193 RATING DE CRÉDITO E GOVERNANÇA NACIONAL: UM ESTUDO DOS PAÍSES DO BRICS
205 EFEITO DA COBERTURA DE ANALISTAS NA RELAÇÃO ENTRE A REMUNERAÇÃO VARIÁVEL E O GERENCIAMENTO DE RESULTADOS: EVIDÊNCIAS EMPÍRICAS NO BRASIL
216 FUSÕES E AQUISIÇÕES: IMPACTO DE CURTO E LONGO PRAZO NA POLÍTICA DE DIVIDENDOS
218 UM ESTUDO INTERNACIONAL DOS DIRECIONADORES DO MÉTODO DE MENSURAÇÃO DE ATIVOS BIOLÓGICOS
223 THE EFFECT OF IFRS ADOPTION ON CASH HOLDINGS IN LATIN AMERICA UNDER THE EARNINGS MANAGEMENT PERSPECTIVE
229 GUIANDO ATRAVÉS DA NÉVOA: DETERMINANTES DA LEGIBILIDADE NO MERCADO DE CAPITAIS BRASILEIRO.
246 ANÁLISE DOS MOTIVOS APRESENTADOS PELAS EMPRESAS BRASILEIRAS PARA A UTILIZAÇÃO DE AÇÕES PN
249 UM ESTUDO DAS FINANÇAS COMPORTAMENTAIS ASSOCIADAS AS BOLHAS E CRISES: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA
270 GOVERNANÇA CORPORATIVA E GERENCIAMENTO DE RESULTADOS DE INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS LISTADAS NA B3
271 NÍVEL DE DISCLOSURE DO ATIVO INTANGÍVEL E SUA RELAÇÃO COM A GOVERNANÇA CORPORATIVA E A AUDITORIA INDEPENDENTE
272 FATORES DETERMINANTES DAS ESCOLHAS DE POLÍTICAS CONTÁBEIS NAS EMPRESAS QUE OPERAM NO BRASIL
274 PERCEPÇÃO DA INDEPENDÊNCIA DOS AUDITORES E OS HONORÁRIOS PAGOS PELAS EMPRESAS DE CAPITAL ABERTO AUDITADAS POR BIG FOUR NO BRASIL
275 UMA ANÁLISE DAS DIFERENÇAS EM TERMOS DOS INTERESSES DA IFRS 3 – COMBINAÇÕES DE NEGÓCIOS
279 EXPECTATIVA E REALIDADE: UMA ANÁLISE COMPARATIVA DOS EFEITOS DA OPERAÇÃO CARNE FRACA A PARTIR DOS INDICADORES CONTÁBEIS
287 RELAÇÃO ENTRE PRIORIDADES DE INVESTIMENTOS COM DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS E INDICADORES FINANCEIROS
299 REVERSÃO DE PERDAS POR IMPAIRMENT E GERENCIAMENTO DE RESULTADOS: UM ESTUDO COM EMPRESAS BRASILEIRAS LISTADAS NA B3
303 IMPACTO DA LIBERDADE ECONÔMICA SOBRE A QUALIDADE DOS LUCROS CONTÁBEIS
304 INCERTEZA POLÍTICA ECONÔMICA E RETENÇÃO DE CAIXA: ESTUDO EM EMPRESAS BRASILEIRAS DE CAPITAL ABERTO
305 CULTURA SUSTENTÁVEL RIMA COM BOM DESEMPENHO? UM ESTUDO DAS EMPRESAS LISTADAS NO ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (ISE)
316 DETERMINANTES DA LEGIBILIDADE DAS NOTAS EXPLICATIVAS: NOVAS EVIDÊNCIAS DE EMPRESAS ABERTAS NO BRASIL.
326 ADOÇÃO DAS IFRS E PRONUNCIAMENTO CONTÁBIL SOBRE RECEITAS (CPC 47): O IMPACTO SOBRE A RELEVÂNCIA CONTÁBIL
344 TRATAMENTO CONTÁBIL DOS ANIMAIS MANTIDOS COMO MATRIZES DE REPRODUÇÃO: REFLEXÃO SOBRE A RECONHECIMENTO E MENSURAÇÃO
346 COVENANTS CONTÁBEIS E GERENCIAMENTO DE RESULTADOS: EVIDÊNCIAS A PARTIR DA INSTRUÇÃO NORMATIVA DA CVM Nº527/12
348 EFEITOS DO DESEMPENHO AMBIENTAL, SOCIAL E DE GOVERNANÇA NA RELEVÂNCIA DAS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS DE EMPRESAS BRASILEIRAS
353 DETERMINANTS OF CORPORATE CASH HOLDINGS IN PRIVATE AND PUBLIC COMPANIES: INSIGHTS FROM LATIN AMERICA
375 FUSÕES E AQUISIÇÕES NO BRASIL E CHOQUES DE INCERTEZA DA ECONOMIA
379 SUPER LUCRO GAAP: SERIA O EBITDA SUA KRIPTONITA? UMA ANÁLISE DOS ATRIBUTOS DOS LUCROS
385 O IMPACTO DAS REDES SOCIAIS CORPORATIVAS NO RISCO DE QUEDA DOS PREÇOS DAS AÇÕES: EVIDÊNCIAS DO BRASIL
387 INFLUÊNCIA DO ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL NO EARNINGS RESPONSE COEFFICIENT
388 ENVIRONMENTAL, SOCIAL AND GOVERNANCE PERFORMANCE AND ITS RELATIONSHIP TO CREDIT RISK: A STUDY IN LATIN AMERICA
392 A INCERTEZA POLÍTICA E OS PROCESSOS DE FUSÕES E AQUISIÇÕES NO MERCADO DE CAPITAIS BRASILEIRO
404 ENFORCEMENT AND ACCOUNTING CONSERVATISM: ANALYSIS OF THE PUBLICLY TRADED COMPANIES FROM G20 MEMBER COUNTRIES
405 MONITORAMENTO OU EXPROPRIAÇÃO? AS RELAÇÕES ENTRE CONTROLE ACIONÁRIO, CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO E DIRETORIA EXECUTIVA NAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE CAPITAL ABERTO
414 GERENCIAMENTO DE RESULTADOS EM COMPANHIAS COM CONTRATOS DE CONCESSÃO DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA PRORROGADOS
424 COMPORTAMENTO DE POTENCIAIS INVESTIDORES PERANTE O EFEITO CERTEZA, REFLEXÃO E ISOLAMENTO EM DECISÕES DE RISCO
431 MACROECONOMIC CONDITIONS, INVESTMENT AND FIRM PERFORMANCE: THE CASE OF BRAZIL
435 COMPOSIÇÃO DOS CONSELHOS DE ADMINISTRAÇÃO, REDES SOCIAIS CORPORATIVAS E EFICIÊNCIA DOS INVESTIMENTOS
437 COMPLIANCE DAS COMPANHIAS LISTADAS NA B3 EM 2020
440 CAPITAL INTELECTUAL E DESEMPENHO FINANCEIRO: EVIDÊNCIAS EMPÍRICAS EM MERCADOS DESENVOLVIDOS E EMERGENTES
   
  Controladoria e Contabilidade Gerencial (CCG) / Management Accounting
ID Título
45 DOES ‘WALKING THE TALK’ ENABLE PRO-ENVIRONMENTAL BEHAVIOR AT WORK? THE COMBINED EFFECTS OF VALUE STATEMENT AND ROLE MODEL
61 ANÁLISE DA NARRATIVA DE COMPLIANCE COMO ELEMENTO LEGITIMADOR NO RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO DAS INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS MOÇAMBICANAS
77 AS CARACTERÍSTICAS DO CEO E O TUNNELING NAS EMPRESAS BRASILEIRAS
78 OS REFLEXOS DO CONTROLE SOCIAL SOBRE A CORRUPÇÃO BRASILEIRA
91 RELAÇÃO COMPLEMENTAR ENTRE VALOR DE MERCADO E TAMANHO DAS EMPRESAS COM INVESTIMENTOS EM P&D E PROPAGANDA NO CAPITAL INTELECTUAL
100 RELAÇÃO ENTRE A REMUNERAÇÃO DOS EXECUTIVOS E O DESEMPENHO DAS EMPRESAS: UMA ANÁLISE NO SETOR ENERGÉTICO BRASILEIRO
108 GERENCIAMENTO DE RESULTADOS E AGRESSIVIDADE TRIBUTÁRIA: ESTUDO SOBRE A EXISTÊNCIA DE UMA RELAÇÃO COMPLEMENTAR OU SUBSTITUTA EM PERÍODOS DE CRISE
111 CONTROLES PELOS PARES, HUMILDADE, CONFIANÇA E COOPERAÇÃO: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO
145 EFEITOS DE ASPECTOS CONTINGENCIAIS NO NÍVEL DE CONTROLE INTERNO ADOTADO POR INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS LISTADAS NA BRASIL, BOLSA BALCÃO (B3)
147 INFLUÊNCIA DAS ESTRUTURAS DE REMUNERAÇÃO DE EXECUTIVOS NA INTENÇÃO DE DENÚNCIA EM CASOS DE FRAUDES CONTÁBEIS
173 AS CARACTERÍSTICAS DO DIRETOR-PRESIDENTE (CEO) E A ADOÇÃO E USO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL POR STARTUPS BRASILEIRAS
177 RELAÇÃO ENTRE GESTÃO DE STAKEHOLDERS E DESEMPENHO ORGANIZACIONAL
180 O SISTEMA DE CONTROLE GERENCIAL COMO REFORÇADOR DO COMPROMETIMENTO ORGANIZACIONAL À LUZ DO BEHAVIORISMO RADICAL DE SKINNER
183 CONTROLE INTERORGANIZACIONAL NO SISTEMA DE FRANQUIA: UM ESTUDO À LUZ DA LEGITIMIDADE ORGANIZACIONAL
200 EXPERIMENTAL EVIDENCE ON REMOTE WORKERS’ OVERSTATEMENT LIKELIHOOD
220 RELAÇÃO ENTRE O CICLO DE VIDA E A INTANGIBILIDADE NAS EMPRESAS BRASILEIRAS
222 LUZ, CÂMERA, CONTROLE EM AÇÃO! UM ESTUDO EMPÍRICO SOBRE A UTILIZAÇÃO INTEGRADA DE SISTEMAS DE CONTROLE GERENCIAL
239 ESTILO DE LIDERANÇA E SISTEMA DE CONTROLE GERENCIAL NAS PRÁTICAS DE INOVAÇÃO EM EMPRESAS FAMILIARES DO SETOR ALIMENTÍCIO
247 POSICIONAMENTO ESTRATÉGICO E DESEMPENHO ECONÔMICO-FINANCEIRO EM OPERADORAS DE PLANOS DE SAÚDE
255 REFLEXOS DA INCERTEZA AMBIENTAL NO USO DE SISTEMAS DE CONTROLE GERENCIAL E NA INOVAÇÃO
264 EFEITOS DO COMPARTILHAMENTO DE INFORMAÇÕES, TRANSFERÊNCIA DE CONHECIMENTOS E CAPACIDADES ORGANIZACIONAIS NA RELAÇÃO ENTRE GESTÃO DO CONHECIMENTO E DESEMPENHO
265 ANTECEDENTES QUE DETERMINAM A PROPENSÃO DE GESTORES SUBORDINADOS AO COMPARTILHAMENTO DE INFORMAÇÕES PRIVADAS
296 OS EFEITOS DOS TRAÇOS SOMBRIOS DE PERSONALIDADE NA RELAÇÃO ENTRE CLIMA COMPETITIVO E PARTICIPAÇÃO NO ORÇAMENTO
297 INFLUÊNCIA DE VARIÁVEIS AMBIENTAIS NA EFICIÊNCIA DE HOSPITAIS PARANAENSES
307 DIMENSÕES CULTURAIS E COMPORTAMENTO DE RISCO DOS BRASILEIROS EM GANHOS E PERDAS
335 VIESES COGNITIVOS: VIÉS DE CONFIRMAÇÃO EM DECISÕES SOBRE ESTIMATIVA DE VERBAS ORÇAMENTÁRIAS.
356 RELAÇÃO ENTRE SISTEMA DE CONTROLE GERENCIAL E DESEMPENHO: UM ESTUDO META-ANÁLITICO DE TRABALHOS NACIONAIS
400 A GESTÃO DE RECURSOS ESTRATÉGICOS PELO MODELO DE NEGÓCIOS CANVAS: UM ESTUDO DE CASO À LUZ DA TEORIA RBV
412 ANÁLISE DE EFEITOS MÚTUOS DOS INVESTIMENTOS EM JOGADORES E ESTRUTURA EM CLUBES DE FUTEBOL
413 RELAÇÃO ENTRE AS UTILIDADES DO ORÇAMENTO E O DESEMPENHO ORGANIZACIONAL MEDIADA PELAS CAPACIDADES DINÂMICAS
428 O GESTOR DA COOPERATIVA DE CRÉDITO E INFLUÊNCIA DO SEU COMPORTAMENTO ESTRATÉGICO NA PARTICIPAÇÃO ORÇAMENTÁRIA, ASSIMETRIA INFORMACIONAL E FOLGA ORÇAMENTÁRIA
429 ENVOLVIMENTO GERENCIAL E EM ACCOUNTABILITY DOS CONTADORES PÚBLICOS: CONFLITO DE PAPÉIS, SATISFAÇÃO E PRESTÍGIO PROFISSIONAL
   
  Diversidade e Inclusão no Contexto Organizacional e Contábil (DICOC) / Diversity and Inclusion in the Organizational and Accounting Context
ID Título
30 OS IMPACTOS DO COVID-19 NA COMUNIDADE QUILOMBOLA ENGENHO II: UMA INVESTIGAÇÃO À LUZ DOS ARTEFATOS DE CONTROLE
33 DIVERSIDADE E INCLUSÃO NO AMBIENTE CONTÁBIL: UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO
38 THE RELATION BETWEEN DIVERSITY IN THE BOARD OF DIRECTORS AND C-LEVEL EXECUTIVES OF BRAZILIAN PUBLIC COMPANIES AND SHARE RETURNS
74 RACISMO ACADÊMICO: APONTAMENTOS SOBRE A EXCLUSÃO DAS DOCENTES NEGRAS E NEGROS DAS UNIVERSIDADES BRASILEIRAS
141 FATORES INSTITUCIONAIS E ESTRUTURA DE FUTEBOL FEMININO DE CLUBES NACIONAIS E INTERNACIONAIS
157 “CHEGA DE MÁRTIRES!” UM COUNTER-ACCOUNT DA VIOLÊNCIA CONTRA A POPULAÇÃO LGBTQIA+ E MOVIMENTOS DE RESISTÊNCIA NO BRASIL
191 CARACTERÍSTICAS FILOSÓFICAS DA CIÊNCIA CONTÁBIL MAINSTREAM E SUAS LIMITAÇÕES
198 ORGULHO E PRECONCEITO: FICÇÃO OU REALIDADE NOS CONSELHOS DE ADMINISTRAÇÃO?
210 GENDER, SCIENCE AND ACCOUNTING: AN ANECDOTAL TEACHING CASE
234 (CIS)TEMA CONTÁBIL: UMA DISCUSSÃO SOBRE OS DESAFIOS ENFRENTADOS POR PESSOAS TRANS NA CONTABILIDADE
250 O QUE EU TENHO A DIZER: TRAJETÓRIAS QUE CONTAM
258 SILENCIAMENTO E AUSÊNCIAS NA CONTABILIDADE – COMO O ENTRELAÇAMENTO DE RELAÇÕES ACOLHEM A NOSSA PERMANÊNCIA NO AMBIENTE ACADÊMICO?
263 DESIGUALDADE RACIAL NO MERCADO CONTÁBIL: UMA ANÁLISE SOB A PERSPECTIVA DE MULHERES NEGRAS NO RIO DE JANEIRO
266 FILAS DA MORTE: AUXÍLIO EMERGENCIAL E VACINAS OU INDO ‘VOLUNTARIAMENTE’ PARA O EXTERMÍNIO?
301 PEQUENO MANUAL ANTI-LGBTFÓBICO PARA APRENDER E ENSINAR CONTABILIDADE NA/PARA/COM A DIVERSIDADE
314 DIVERSIDADE LGBTQIA+ EM CONSELHOS: NÃO É SÓ UMA QUESTÃO DE COTAS
317 DIMENSÕES PÚBLICAS E PRIVADAS NA CONSTRUÇÃO DA EDUCAÇÃO CONTÁBIL
322 A HOMOFOBIA VAI AO TRABALHO! DISCRIMINAÇÃO LGBTQIA + EM UM HOSPITAL PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL
328 CONTABILIZANDO INTERSECCIONALIDADE: UM ESTUDO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL NAS EMPRESAS DE COSMÉTICOS
341 RASGANDO O VÉU DAS HEGEMONIAS: CONTABILIDADE COMO INSTRUMENTO EMANCIPATÓRIO DE MULHERES EMPREENDEDORAS NA AMAZÔNIA
368 DIVERSIDADE E INCLUSÃO: REFLEXÕES E IMPACTOS DA NATUREZA POLÍTICA DA CONTABILIDADE
369 “PROFESSORINHA”: UMA AUTOETNOGRAFIA SOBRE GÊNERO, REPRESENTATIVIDADE LÉSBICA E GAY E SEUS EFEITOS NA IDENTIDADE DOCENTE
374 DEIXA O ARCO-ÍRIS ENTRAR: REFLEXÕES SOBRE O FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO DOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTABILIDADE E A CISNORMATIVIADE.
411 O ARMÁRIO DA CONTABILIDADE: UMA AUTOETNOGRAFIA SOBRE A CONSTRUÇÃO IDENTITÁRIA DE UMA PROFISSIONAL CONTÁBIL
420 PRAZER E SOFRIMENTO: VIVÊNCIA DA ORIENTAÇÃO SEXUAL DURANTE A FORMAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS POR HOMENS GAYS EM UNIVERSIDADES NORDESTINAS
   
  Educação e Pesquisa em Contabilidade (EPC) / Accounting Education and Research
ID Título
46 ANÁLISE DOS EFEITOS DA SÍNDROME DO ESGOTAMENTO PROFISSIONAL NA QUALIDADE DE VIDA DE ESTUDANTES DE PÓS-GRADUAÇÃO
97 DESENVOLVIMENTO DAS COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS EM TECNOLOGIA NA CONTABILIDADE: UMA ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE BRASIL, ESTADOS UNIDOS E PORTUGAL
132 RELAÇÃO ESTUDO-TRABALHO-FAMÍLIA E COVID: UM ESTUDO SOBRE A PERCEPÇÃO DAS MULHERES ESTUDANTES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UNEB
137 PRAGMATISMO: A CONEXÃO ENTRE A TEORIA E A PRÁTICA
148 REFLEXÕES SOBRE DECOLONIALIDADE DE CURRÍCULO EM ENSINO E PESQUISA NAS ÁREAS DE GESTÃO E CONTABILIDADE
152 REVISITANDO ABORDAGENS EM ESTUDOS HISTÓRICOS NA CONTABILIDADE EM BUSCA DE UMA AGENDA DE PESQUISA NO BRASIL
166 SEBASTIÃO FERREIRA SOARES (1820-1887): ANALYSIS OF HANDWRITTEN WORKS AND THEIR CONTRIBUTIONS TO THE FORMATION OF ACCOUNTING EDUCATION IN BRAZIL
168 APLICAÇÃO DA TEORIA DE APRENDIZAGEM TRANSFORMATIVA EM ESTUDANTES DA ÁREA DE NEGÓCIOS
175 O ENSINO SUPERIOR EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS NAS MODALIDADES A DISTÂNCIA E PRESENCIAL: UMA ANÁLISE COMPARATIVA A PARTIR DO ENADE 2018
214 EXPERIÊNCIAS SOCIOACADÊMICAS E CARREIRA ACADÊMICA DE PÓS-GRADUANDOS EM CONTABILIDADE DAS GERAÇÕES Y E Z: DISCUSSÃO À LUZ DA MODERNIDADE LÍQUIDA
238 FEEDBACK NA AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM: PERCEPÇÃO DOS DOCENTES NO ENSINO REMOTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UFPE
318 AÇÕES AFIRMATIVAS E DESEMPENHO DISCENTE CONTÁBIL: UMA ANÁLISE LONGITUDINAL COM ESTUDANTES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
329 DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS DOCENTES DE PROFESSORES DE CURSOS DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS NO BRASIL PELA EAD
399 DESEMPENHO ACADÊMICO E MODALIDADES DE ENSINO: UM CONSTRUCTO ATRAVÉS DA MODELAGEM MULTINÍVEL.
421 CENÁRIOS EXPERIMENTAIS EM PESQUISAS CONTÁBEIS: CONCEITOS, APLICABILIDADE E AGENDA DE PESQUISAS FUTURAS
   
  Tópicos Especiais de Contabilidade (TEC) / Special Topics in Accounting
ID Título
29 AÇÕES DE LEGITIMIDADE E EVIDENCIAÇÃO CONTÁBIL:OS CASOS SAMARCO E VALE PÓS TRAGÉDIAS SOCIOAMBIENTAIS
42 CRITIQUE ON THE APPLICATION OF USGAAP PRONOUNCEMENTS SFAS 109, SFAS 141, ASC 740, ASC 805: A CASE STUDY IN BRAZIL.
105 DIVULGAÇÃO DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL SOB IMPACTOS DA GOVERNANÇA CORPORATIVA SOB PERSPECTIVA TBL
125 ISOMORFISMO NA ADOÇÃO DE PRÁTICAS AMBIENTAIS NAS EMPRESAS DE MÉDIO POTENCIAL POLUIDOR LISTADAS NA B3
126 DISCLOSURE AMBIENTAL DAS EMPRESAS INTEGRANTES DO ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (ISE) E O RETORNO ANORMAL DE SEUS TÍTULOS
134 ­­ANTECEDENTES DA ACCOUNTABILITY APLICADOS AO SETOR PÚBLICO
215 CUSTOS DE TRANSAÇÃO E GOVERNANÇA DA INFORMAÇÃO NA TERCEIRIZAÇÃO DOS PROCESSOS CONTÁBEIS EM UMA COOPERATIVA AGROINDUSTRIAL
221 A INFLUÊNCIA DA RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA RELAÇÃO ENTRE O VALOR ADICIONADO E A RENTABILIDADE NAS EMPRESAS BRASILEIRAS
224 ABORDAGENS EPISTÊMICAS QUE INFLUENCIAM ESTUDOS SOBRE GOVERNANÇA PÚBLICA EM SAÚDE NO BRASIL
225 ANALISE DO EFEITO MEDIADOR DA IEC, FV, FE NO COMPARTILHAMENTO DE INFORMAÇÕES E O DESEMPENHO FINANCEIRO E OPERACIONAL DA FIRMA
290 ESG E AGENDA 2030: ANÁLISE COMPARATIVA DAS INFORMAÇÕES DOS RELATÓRIOS DE SUSTENTABILIDADE, À LUZ DA MATERIALIDADE FINANCEIRA E ESTRUTURA METODOLÓGICA
292 BALANÇO CONTÁBIL DAS NAÇÕES: EVIDÊNCIAS EMPÍRICAS DA PARTICIPAÇÃO NA PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE NA MESORREGIÃO METROPOLITANA DE RECIFE
293 COMPROMETIMENTO DE CARREIRA E JUSTIÇA DISTRIBUTIVA INFLUENCIAM A SATISFAÇÃO NO TRABALHO? INVESTIGAÇÃO EM UMA COOPERATIVA DE CRÉDITO
306 PERÍCIA CONTÁBIL E ERROS DE TRABALHO: CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS PARA OS PERITOS CONTADORES, POR SUA PRÓPRIA PERCEPÇÃO
310 EFEITO MODERADOR DA CONCENTRAÇÃO DE PROPRIEDADE NA RELAÇÃO ENTRE GERENCIAMENTO DE RESULTADOS E RELATO INTEGRADO: UMA ANÁLISE NAS FIRMAS BRASILEIRAS
319 O USO DA RACIONALIDADE SUBSTANTIVA NO GERENCIAMENTO DE IMPRESSÃO EM RELATÓRIOS SOCIOAMBIENTAIS
333 FATORES EXPLICATIVOS DA CONEXÃO SOCIAL ENTRE CEO E CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
347 O EFEITO DA CADEIA DE VALOR NA INOVAÇÃO: UMA ANÁLISE DAS EMPRESAS DO IBOVESPA
354 PRINCÍPIOS E VALORES DO COOPERATIVISMO, MECANISMOS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA E SUSTENTABILIDADE EM COOPERATIVAS DE CRÉDITO
361 FRAUDE CONTÁBIL NA RECUPERAÇÃO JUDICIAL DE EMPRESAS: CARACTERÍSTICAS, MOTIVOS E CONSEQUÊNCIAS
367 DESEMPENHO ENVIRONMENTAL, SOCIAL AND GOVERNANCE (ESG) E SUA INFLUÊNCIA NO CONSERVADORISMO CONTÁBIL
381 TRANSIÇÃO ENERGÉTICA: RELAÇÃO ENTRE O POSICIONAMENTO ESTRATÉGICOS DAS EMPRESAS PETROLÍFERAS E O NÍVEL DE COMPROMETIMENTO EM SEUS RELATÓRIOS CORPORATIVOS
389 WIN AND PROFIT MAXIMIZATION IN BRAZILIAN FOOTBALL CLUBS: THE DILEMMA
395 ESTÁGIOS E TÉCNICAS DE LAVAGEM DE DINHEIRO: UM OLHAR A PARTIR DAS DECISÕES DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
403 META-SÍNTESE DAS EXPERIÊNCIAS EMPÍRICAS DO RELATO INTEGRADO
   
ID Título
371 COOPERATIVE COMPLIANCE: SWOT ANALYSIS FOR THE BRAZILIAN CONFIA PROGRAM
55 PROPOSTA INOVATIVA PARA REDUÇÃO DO GASTO PÚBLICO NAS COMPRAS POR ANTECIPAÇÃO DO GOVERNO FEDERAL
138 DIRETRIZES E ORIENTAÇÕES DE MELHORES PRÁTICAS PARA IMPLANTAÇÃO E USO DE SISTEMAS DE CUSTOS NOS ESTADOS BRASILEIROS
259 IMPAIRMENT TEST: SOFTWARE DE AVALIAÇÃO DOS BENS DO ATIVO IMOBILIZADO PARA OS HOSPITAIS UNIVERSITÁRIOS DA REDE EBSERH
324 CUSTOS DA JUDICIALIZAÇÃO DA SAÚDE NO BRASIL: ANÁLISE DO EXECUTIVO E JUDICIÁRIO
94 ATIVOS FISCAIS DIFERIDOS: UMA ANÁLISE DE SUAVIZAÇÕES DE RESULTADOS EM BIG E SMALL BANKS LISTADOS NO BANCO CENTRAL DO BRASIL
286 SISTEMA DE CONTROLE GERENCIAL DE CUSTOS EM HOSPITAIS PÚBLICOS: INFORMAÇÃO PARA TOMADA DE DECISÃO NA CONTRATAÇÃO DE LEITOS DE UTI-COVID-19.
363 GESTÃO DE CUSTOS E IMPLANTAÇÃO DE CONTROLES FINANCEIROS: UMA PROPOSTA PARA MELHORIA NA GESTÃO DE MICROEMPRESAS UTILIZANDO A ABORDAGEM INTERVENCIONISTA.
244 PREVENÇÃO DA CORRUPÇÃO NAS EMPRESAS: UM INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE RISCO PARA PROCEDIMENTOS DE THIRD-PARTY DUE DILIGENCE
   
  Consórcio Doutoral / Thesis Project
ID Título
228 COMPLIANCE E GOVERNANÇA DE EMPRESAS ESTATAIS: UM ESTUDO DE CASO NO BANCO DO ESTADO DE SERGIPE S/A (BANESE)
195 FATORES QUE INFLUENCIAM A VIOLAÇÃO GRAMATICAL DAS INFORMAÇÕES FINANCEIRAS DE COMPANHIAS ABERTAS NO BRASIL
217 ERRO DE PREVISÃO DOS ANALISTAS E GERENCIAMENTO DE RESULTADOS: O EFEITO DOS FEEDBACKS NO TWITTER
242 FATORES MACROAMBIENTAIS E COMPARABILIDADE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS: UM ESTUDO NAS COMPANHIAS ABERTAS BRASILEIRAS
144 CONTABILIDADE GERENCIAL INTERORGANIZACIONAL E A CONFIGURAÇÃO DAS REDES DE ATORES HUMANOS E NÃO-HUMANOS: ENTRELAÇAMENTOS NA CADEIA DE SUPRIMENTOS
300 INCLUSÃO FINANCEIRA, REDUÇÃO DA POBREZA E O DESEMPENHO DO COOPERATIVISMO FINANCEIRO BRASILEIRO
211 RELATO INTEGRADO PROMOVE ACCOUNTABILITY? UMA ANÁLISE EMPÍRICA NO CAMPO DA SUSTENTABILIDADE.
   
ID Título
355 EXISTEM INCENTIVOS ÀS PRÁTICAS DE GERENCIAMENTO DE RESULTADOS POR CONTA DA FISCALIZAÇÃO SETORIAL REALIZADO PELA RECEITA FEDERAL?
397 REAPRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS, MUDANÇA E HONORÁRIOS DO AUDITOR DAS EMPRESAS LISTADAS NA B3
418 INCERTEZAS POLÍTICO-ECONÔMICAS E SEUS REFLEXOS NO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO AGRESSIVO DAS EMPRESAS LISTADAS NA B3
219 IMPACTO DA ESTIMATIVA DE PRODUTIVIDADE NO VALOR JUSTO DA CANA EM DESENVOLVIMENTO
362 PREVISÃO DE LUCROS NAS FASES DOS CICLOS ECONÔMICOS: EVIDÊNCIAS DAS FIRMAS DE CAPITAL ABERTO DO BRASIL
378 REAPRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS E DIVIDENDOS E SUBSEQUENTES: EVIDÊNCIAS NO MERCADO BRASILEIRO
334 EFEITO DOS FATORES CONTINGENCIAIS NO USO DE INDICADORES DE DESEMPENHO DAS STARTUPS MODERADOS PELA ORIENTAÇÃO EMPREENDEDORA
   
ID Título
332 IMPACTO DA CRISE ECONÔMICA CAUSADA PELA PANDEMIA DO COVID-19 NA EFFECTIVE TAX RATE DE EMPRESAS BRASILEIRAS
401 RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES DAS COOPERATIVAS DE CRÉDITO DO SUL DO BRASIL
432 AUDITORIA EXTERNA NO BRASIL: UMA ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA NO PERÍODO DE 2015 A 2020
422 COVID-19: EXISTE ASSOCIAÇÃO ENTRE O NÚMERO DE MORTES COM A CORRUPÇÃO? UMA ANÁLISE REGRESSIVA DOS ESTADOS E CAPITAIS BRASILEIRAS.
267 MIGRAÇÃO ENTRE OS SEGMENTOS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA: UMA ANÁLISE DA ASSOCIAÇÃO COM A RENTABILIDADE, ENDIVIDAMENTO E CUSTO DO CAPITAL
282 IMPACTOS DA IMPLEMENTAÇÃO DE JOINT VENTURES EM COMPANHIAS BRASILEIRAS DE CAPITAL ABERTO
410 HABILIDADES NA GESTÃO DAS FINANÇAS PESSOAIS PARA MUDAR OS NÚMEROS DA SUA CONTA BANCÁRIA
433 EVIDENCIAÇÃO DOS IMPACTOS DA COVID-19 NOS RELATÓRIOS FINANCEIROS
62 SISTEMAS DE CONTROLES GERENCIAIS: QUAIS AS CARACTERÍSTICAS DOS ESTUDOS NACIONAIS?
155 ENVOLVIMENTO GERACIONAL, CULTURA ORGANIZACIONAL E PROFISSIONALIZAÇÃO EM EMPRESAS FAMILIARES
197 TIME DRIVEN ACTIVITY–BASED COSTING COMO FERRAMENTA GERENCIAL DE CUSTO EM UMA PEQUENA EMPRESA DE SERVIÇOS
227 COMO ME VEJO E COMO SOU VISTO? RELATO INTEGRADO E INDICADORES DE DIVERSIDADE NO MERCADO DE TRABALHO
240 DISCRIMINAÇÃO SALARIAL POR SEXO E RAÇA NOS CARGOS GERENCIAIS DO MERCADO DE TRABALHO DO NORDESTE BRASILEIRO
273 ELAS POR ELAS: UMA EXPLORAÇÃO DA PERCEPÇÃO DA CONTABILIDADE POR EMPREENDEDORAS EM REDE
202 NÍVEL DE CONHECIMENTO EM EDUCAÇÃO FINANCEIRA: ESTUDO SOBRE DESEMPENHO DOS ESTUDANTES DO DISTRITO FEDERAL NA OLIMPÍADA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA
394 O PERFIL IDEAL DO PROFESSOR DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS SEGUNDO AS GERAÇÕES Y E Z
151 EDUCAÇÃO PREVIDENCIÁRIA NA PRIMEIRA INFÂNCIA PARA A FORMAÇÃO DE UMA CONSCIÊNCIA CIDADÃ
231 OS DESAFIOS DA CAPTAÇÃO DE RECURSOS POR CROWDFUNDING: UM ESTUDO DA REGULAÇÃO DA MODALIDADE DE INVESTIMENTO
358 PROVISÕIES AMBIENTAIS: UM ESTUDO ACERCA DO DISCLOSURE VOLUNTÁRIO EM EMPRESAS LISTADAS NO ÍNDICE CARBONO EFICIENTE
364 OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA ONU E AS HORTAS COMUNITÁRIAS: UM ESTUDO DE CASO SOBRE O MUNICÍPIO DE MARINGÁ

ENDEREÇO

Rua Maestro Cardim, 1170
11º Andar, Bela Vista - São Paulo/SP


CONTATO

  secretaria@anpcont.org.br
Siga-nos no Facebook

CERTIFICADOS ON-LINE

Para emitir seu certificado, basta informar seu CPF no campo abaixo e clicar em Acessar.

Compartilhe nas redes socias
© ANPCONT 2019